Como realizar a minha reforma sem dores de cabeça?

Entenda como evitar problemas no planejamento e execução de uma obra, e a encará-la apenas como um objetivo


Tem gente que mal consegue ouvir a palavra “obra” e já pensa nos problemas que ela poderá trazer. No entanto, realizar uma reforma não precisa ser encarado como um pesadelo. Afinal, a reforma é uma intervenção no ambiente com fins, em geral, de aperfeiçoá-lo de algum modo, o que fatalmente vai influenciar no seu bem-estar.

Estabelecer um planejamento e cumprir prazos, ao lado de profissionais especializados e de confiança, e prezar por materiais de qualidade, sem estourar o orçamento, são alguns dos principais pontos que levam a evitar dores de cabeça em reformas.

Confira a seguir alguns passos para que você possa realizar a sua obra sem maiores problemas, evitando gastos de energia desnecessários, além de prejuízos financeiros.

Antes de tudo, faça um planejamento

Planejar-se é um passo fundamental para tudo na vida e com obras como reformas é a mesma coisa.

Além de contratar um arquiteto para desenvolver o seu projeto, de acordo com as suas ideias e necessidades, busque uma empresa de engenharia, de preferência, para traçar junto com você um planejamento para a obra, de modo que alinhe quem serão seus fornecedores, mão de obra, orçamento, cronograma, entre outros pontos.

E se essa empresa executar e acompanhar o passo a passo da sua obra com você, melhor ainda!


Preze por materiais de qualidade e profissionais especializados

Procure sempre uma equipe qualificada para a sua obra. Você pode conseguir isso principalmente buscando referências de pessoas que já contrataram determinada equipe ou empresa. E procure saber se a equipe contratada faz todos os serviços essenciais a uma obra, como carpintaria, pintura, parte elétrica, entre outros tipos, para evitar imprevistos.

Geralmente quando se têm equipes e empresas qualificadas, envolvidas num projeto de reforma, elas fornecem, por conta própria, um cronograma para que haja uma previsão e controle da execução das etapas da obra, como prazos de início e fim, ordem das tarefas, entre outros pontos. O cronograma ajuda num dos quesitos essenciais da obra que é a compra de materiais necessários, como revestimentos, portas e tintas, por exemplo.

Nessa perspectiva, busque fornecedores, não só que tenham produtos de alta qualidade, mas que também entreguem os materiais da obra no prazo estabelecido. A demora para entrega de materiais é um fator recorrente de atraso e/ou paralisação de obras.

Pesquise, pesquise, pesquise! Pesquisar vai fazer com que você, não só ache produtos mais em conta, mas de qualidade e duradouros, como também vai te ensinar novas possibilidades de materiais, garantir descontos imprevisíveis às vezes, entre outros benefícios.

Vale ressaltar que comprar produtos, em grande quantidade, pode lhe render descontos. Porém, avalie a real necessidade de determinados itens da obra e preze sempre pela boa qualidade.

Estabeleça e cumpra prazos, mas seja flexível

Conforme já dissemos, quando se tem uma empresa principalmente gerenciando a obra, é comum que ela entregue um cronograma com as tarefas a serem feitas na reforma com prazos específicos.

Estabeleça sempre um cronograma junto à equipe contratada para a obra. Além disso, cumpra os prazos definidos e planeje as etapas, preferencialmente com alguma empresa especializada nisso, antes mesmo do início da obra.

Caso precise fazer alguma alteração do projeto, já na fase de execução, consulte antes o seu arquiteto ou a empresa/equipe responsável pela execução da obra. Afinal, novas ideias e inspirações, para a sua reforma, podem surgir no decorrer dela, mas precisam ser planejadas com organização para serem bem executadas e não comprometerem o projeto como um todo.

Respeite e gerencie seu orçamento

O mau gerenciamento da verba disponível para uma obra é geralmente o motivo que a faz ser paralisada. Por isso, procure ter organização financeira, antes mesmo de começar a reforma.

Por exemplo, ter uma empresa gerenciando a sua obra vai te proporcionar evitar gastos desnecessários, mas é importante ter autocontrole, além de se planejar, e entender que alguns gastos imprevisíveis podem ocorrer.

Tenha sempre margem de segurança financeira para sua obra, tendo em vista esses possíveis imprevistos.

Outro ponto é: por mais que, às vezes, surja algum item da obra como uma peça de decoração “tentadora”, mas que não estava prevista anteriormente no orçamento, é essencial analisar se isso é realmente necessário e se existe orçamento para tal. Analise o dinheiro disponível para a obra, antes de fazer compras de peças que, em alguns casos, são desnecessárias.

Aliado a isso, faça várias pesquisas de mercado e opte por materiais de qualidade, mas que tenham um custo-benefício interessante.

Seja protagonista da sua reforma também

Ainda que você contrate uma empresa para gerenciar toda a sua obra, é importante acompanhá-la diariamente de alguma forma. Assim você fica sabendo o que está acontecendo mais rapidamente na obra, evita ruídos de comunicação e ainda facilita a resolução de possíveis problemas junto à equipe contratada.

Paciência é uma virtude…

Sabe aquela história de que ser paciente é um grande mérito? Pois é, quando se trata de obras, ter paciência é vital. Principalmente quando executadas em espaços maiores ou quando não contam com um serviço de gerenciamento de perto, por exemplo, obras podem, sim, se tornar verdadeiras “dores de cabeça”.

Evite desgastes emocionais com a sua obra. Visualize-a finalizada. Isso vai fazer com que você consiga passar por ela de modo mais tranquilo. E, se você cumpriu as outras orientações, listadas neste conteúdo, saiba que dificilmente sua obra vai durar mais tempo do que realmente precisará.

Esperamos que você tenha gostado deste conteúdo e aprendido melhor como realizar reformas sem tanto sofrimento desnecessário. Escolher uma equipe qualificada que vai planejar, executar e acompanhar a sua obra é um dos principais pilares do sucesso para a sua reforma. Lembre-se disto!

Não deixe de conferir o nosso conteúdo exclusivo sobre dicas para planejar a sua reforma. E, caso você queira tirar alguma dúvida ou solicitar informações para que possamos te ajudar no gerenciamento da sua obra, preencha os dados do formulário do site da Pronto!


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo